Profissional de TI: o futuro do Brasil está em suas mãos

19 de outubro – Homenagem da CSB e do Sindpd a todos os trabalhadores em Tecnologia da Informação

 

Nesta sexta-feira (19), comemora-se o Dia do Profissional de TI. Responsável pelo desenvolvimento e organização de todos os setores da sociedade, o profissional de tecnologia da informação é peça fundamental para o avanço, a modernização e a industrialização do País.

De acordo com estudo recente da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a participação do setor Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) no Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado atingiu 7,1%. Os números comprovam a fundamental e estratégica importância econômica da área em todos os campos da sociedade.

Estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) traçou um perfil do mercado de trabalho no setor. De acordo com o levantamento, no Brasil, 66,8% dos trabalhadores em TI são homens e 33,2%, mulheres. De modo geral, os homens ganham mais. Eles têm a média salarial de R$ 5.419,29 e elas ganham em torno de R$ 3.977,15.

A pesquisa revela que 59% dos profissionais brasileiros possuem ensino superior completo. A região sudeste tem a maior média de trabalhadores com faculdade (63,3%), seguida pela região Centro-Oeste (54,9%), Sul (53,8%) e Nordeste (46,8%).

De acordo com o estudo, dos 352,68 mil trabalhadores da categoria com vínculo empregatício no Brasil em 2017, 155,07 mil estão no estado de São Paulo, o que equivale a 44% dos postos ocupados do País. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 31,5 mil empregados e 8,9% do total. Minas Gerais está em terceiro, com 30,2 mil trabalhadores, representando 8,6% dos vínculos.

A CSB e o Sindpd reiteram a importância da valorização dos trabalhadores, os verdadeiros alicerces da Tecnologia da Informação no Brasil, além da criação de políticas voltadas ao setor, com o objetivo de gerar mais empregos, fortalecer a economia e estimular o País a sempre aprimorar sua produção tecnológica.

“A Tecnologia tem papel fundamental na nossa economia, e grande parte desses feitos são fruto do empenho de milhares de profissionais de TI. Investir em capacitação profissional e inovação é essencial para que o Brasil melhore ainda mais o seu desempenho no setor. Praticamente tudo o que fazemos hoje envolve tecnologia, por isso um governo comprometido com o País precisa pensar que TI é indispensável para o nosso futuro”, afirmou o presidente das duas entidades, Antonio Neto.

“Nesta data importante, nosso compromisso é trabalhar para ampliar os direitos da categoria, pela igualdade entre homens e mulheres e para que as empresas valorizem ainda mais aqueles que trabalham pelo desenvolvimento da nossa sociedade”, completou Neto.