FGTS emergencial: Trabalhador terá que esperar até 5 meses para sacar benefício; Entenda!

Valores serão liberados para 60 milhões de trabalhadores com contas ativas (emprego atual) ou inativas (emprego antigo).

Trabalhadores com direito ao saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) terão que aguardar a liberação da Caixa para poder sacar ou transferir o dinheiro para contas de outros bancos.

Isso porque, com base no mês de nascimento, o calendário de resgate dos recursos em espécie ou transferências começa a partir de 25 de julho para nascidos em janeiro. Quem faz aniversário em novembro e dezembro, por exemplo, as operações só serão possíveis a partir de 14 de novembro, ou seja, daqui a cinco meses.

Inicialmente, as quantias serão depositadas via poupança digital aberta pela estatal. Nesse caso, o beneficiário só poderá utilizar o valor para pagar boletos, realizar compras on-line e compras com pagamento em algumas maquininhas de cartão.

Os saques em dinheiro e as movimentações entre contas terão que esperar algumas semanas e até meses.

Calendário de saques do FGTS emergencial

Previsto para movimentar cerca de R$ 37,8 bilhões, o saque emergencial do FGTS ficará disponível para 60 milhões de trabalhadores com contas ativas (emprego atual) ou inativas (emprego antigo).

Confira o calendário completo de depósito, saque e transferência do benefício:

Mês de nascimento Crédito em conta Saque ou transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 6 de julho 8 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 5 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 3 de agosto 3 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 8 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

Tire suas dúvidas sobre o saque emergencial do FGTS

Qual o valor de saque?

O limite das movimentações foi estabelecido em até R$ 1.045,00. Caso o beneficiário tenha mais de uma conta, o dinheiro será retirado a princípio das vinculadas a trabalhos antigos, com o início por aquelas com menor saldo.

A mesma sistemática se aplica às contas ativas, com início por aquela que tiver o menor saldo. Em todo caso, o valor de saque total não pode ultrapassar R$ 1.045,00.

Como abrir a poupança digital?

O trabalhador não precisa se preocupar em abrir uma conta digital. O motivo: a Caixa realizará a abertura automática de contas poupanças digitais de forma totalmente gratuita e sem cobrança de tarifa mensal.

A estatal informou ainda que o titular poderá realizar até uma transferência por mês, assim que a operação for liberada.

Por quanto tempo o dinheiro ficará disponível? 

Conforme divulgado pela Caixa, o FGTS depositado em poupança digital ficará disponível para movimentação por até 90 dias. O trabalhador que optar pela não retirada terá o dinheiro devolvido automaticamente para a conta vinculada ao Fundo.

Quem quiser sacar o dinheiro após os 90 dias deverá solicitar a ação pelo aplicativo do FGTS.

Já posso sacar o dinheiro assim que ocorrer o depósito do valor?

A princípio, não! O dinheiro será depositado a partir do dia 29 de junho via poupança digital, com movimentações pelo aplicativo Caixa Tem. Mesmo quem é correntista Caixa receberá pela conta criada pelo governo.

O aplicativo, que permite pagar boletos e contas básicas (como água, luz, telefone e internet), também possibilita a emissão de um cartão de débito virtual para compras on-line ou em pagamentos de maquininha de cartão, ainda não informadas pela Caixa.

As disposições de saque e transferência do valor só acontecerão de acordo com as datas de liberação informadas no calendário acima.

Fonte: Edital Concursos Brasil