FEITTINF negocia e conquista avanços na negociação da Participação nos Lucros e ou/Resultados da Unisys

Após diversas tentativas para que a empresa oferecesse uma proposta, PLR será apresentada aos trabalhadores em assembleia no próximo dia 2 de maio

Finalmente os profissionais da Unisys poderão conhecer e deliberar sobre a proposta de Participação nos Lucros e/ou Resultados referente ao período trabalhado em 2017. Foram diversas tentativas de negociação com a empresa. Por força e insistência da FEITTINF em união com o Sindpd, os empresários concordaram em apresentar um acordo aos funcionários.

A CCT do Sindpd estabelece a obrigatoriedade para que as empresas de TI de São Paulo abram a negociação que visa a implantação do programa de PLR. Como justificativa para a demora na abertura do acordo, a Unisys apresentou dificuldades para auditar os números.

Celso Lopes, diretor do Sindpd, esclarece que a assembleia acontecerá no dia 2 de maio, às 14h30, na sede da empresa. “Só então a proposta será de fato apresentada aos trabalhadores e levada para votação. Essa é uma conquista da FEITTINF e do Sindpd, que continuaram firmes da luta para que os direitos conquistados fossem respeitados”, concluiu.

Em tempo

Após enfrentar dificuldades na negociação com a empresa, o Sindpd e a FEITTINF mantiveram-se firmes para garantir que os trabalhadores recebessem a Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR) referente ao período de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2017.

Este ano a negociação foi em sentido oposto ao que têm acontecido nos últimos anos, no entanto o Sindpd, mais uma vez, conseguiu, durante reunião realizada nesta quarta-feira, 2, um acordo satisfatório para os trabalhadores.

O diretor do Sindpd Celso Lopes, que esteve na sede da empresa Unisys Brasil para tratar do embate, comemorou a aprovação. “Saímos de uma proposta baixíssima para um valor considerável e que atende às prerrogativas dos trabalhadores da Unisys”, disse.

O acordo será direcionado a cerca de 800 profissionais de Tecnologia da Informação. O pagamento está previsto para acontecer ainda este mês de maio; o próximo será em outubro de 2018.