Feittinf e Sindpd lançam abaixo-assinado contra a privatização da Dataprev

Diante cenário de privatização da estatal, sindicato se mobiliza na luta contra a entrega da Dataprev

Sindpd e trabalhadores da Dataprev, junto a CSB e Feittinf deixaram claro que estão contra a privatização e continuarão na luta em defesa do patrimônio público e da privacidade dos nossos dados.

Para que a sociedade tenha ciência dos acontecimentos, foi disponibilizado um abaixo-assinado, tanto online quanto físico, para que seja recolhido a quantidade máxima possível de assinaturas de quem se opõe a privatização de mais um patrimônio do povo brasileiro. O documento será enviado para representantes e parlamentares federais e do Estado de São Paulo.

Para assiná-lo de forma online, clique nesse link: https://peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=SindpdDataprev

Para quem tem interesse em assinar o abaixo-assinado físico, por favor dirija-se a sede do Sindpd ou ao prédio da Dataprev.

Para mais informações, mande uma mensagem para o WhatsApp do Sindpd Digital através do número (11) 99989-1023

O conteúdo do abaixo-assinado:

Por meio do Exmo. Srs. Rodrigo Maia, Presidente da Câmara dos Deputados; Cauê Macris, Presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo os cidadãos e cidadãs abaixo-assinados se dirigem aos/as parlamentares federais e estaduais solicitando o posicionamento CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DA DATAPREV.

A Dataprev, Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência, é uma empresa pública que presta serviços de tecnologia da informação e comunicação, com o objetivo de gerar melhores resultados para políticas sociais de todo Brasil e é responsável, por exemplo, de efetuar o pagamento mensal de milhões de benefícios previdenciários e da aplicação do seguro-desemprego online.

A CSB, FEITTINF, Sindpd e os empregados da Dataprev de São Paulo são contra a privatização e entrega dos dados dos contribuintes brasileiros ao setor privado, diante desse quadro é preciso informar e mobilizar a sociedade para que dados pessoais de todos os cidadãos brasileiros sejam preservados em sigilo e para que mais um patrimônio público não seja entregue.